18 erros fatais ao começar a investir

Tempo de leitura: 6 minutos

O investimento existe para que nós tenhamos a oportunidade de lucrar sob as aplicações efetuadas. Porém alguns erros ao começara a investir atrapalham muito a lucratividade.

É sempre muito importante você ficar ciente das cotações, ou taxas de acordo com o tipo de investimento escolhido. Mas, além disso, se faz necessário prestar atenção em outros pontos.

Separamos para você quinze erros mais cometidos por quem estar começando a investir, depois de descobrir quais são você não errará nas aplicações.

1) Não buscar novas informações

Este erro é crucial! Com certeza você não pode deixar de buscar novas informações sobre o mundo do mercado financeiro.

Procure sempre estudar com relação ao seu investimento, ou ao que você pretende aplicar.

2) Não ter um objetivo para aquele investimento 

Quando se tem um foco, ou objetivo fixo em mente a sua concentração se torna mais eficaz, assim você irá querer buscar uma melhora cada vez maior.

Tenha um “porque” para o investimento que fará ou que pretende fazer, não importa se de curto ou longo prazo.

3) Ir pela intuição

A sua confiança pode até ser grande na intuição, mas a questão é que estamos falando de investimentos.

Leia  Como perder o medo de investir ?

Então, o melhor é ir pela lógica e apostar em métodos mais seguros e eficazes, protegendo o seu dinheiro.

4) Investir tudo que tem

Pode até parecer ousado, porém este tipo de ousadia pode ser frustrante para o investidor e os prejuízos aparecerão, caso algo tome um rumo inesperado.

O ideal é investir apenas uma parte do que você tem disponível, ou se investir tudo, não escolher a mesma modalidade para todo o dinheiro.

5) Não ter conhecimento do seu perfil 

No mundo do investimento é possível encontrar três tipos de investidores o conservador, o dinâmico e o moderador.

O conservador é o que aplica em métodos mais seguros, com menos riscos de prejuízos. É uma boa para quem está iniciando.

6) Não acompanhar os especialistas

Os especialistas estudam toda hora para encontrar as melhores opções disponíveis no mercado.

Não acompanhá-los é um grande erro e você pode acabar escolhendo um método que está com pouca vantagem.

7) Se convencer com o que tem

A sua meta é fazer seu dinheiro valorizar muito até chegar um ponto onde seu patrimônio seja considerado ótimo?

Então, você não pode se acomodar com que tem atualmente. Busque sempre mais, busque os melhores mercados, pesquise, estude e aplique.

8) Não ter controle financeiro

Este é um erro muito comum e prejudicial para quem tem um objetivo de lucrar muito.

O controle financeiro é o que irá lhe permitir analisar o que está sendo gasto a mais da sua renda e está causando um resultado indesejado.

9) Pensar somente em curto prazo

É válido fazer investimentos para curto prazo, porém deve haver um pensamento mais prolongado.

As aplicações mais rentáveis são aquelas que possuem o espaço de tempo mais longo, pois o dinheiro irá gerar mais lucros para você.

10) Não investir por que o salário não dá

Essa é uma causa muito usada pelas pessoas, mas sempre se lembre de que deve haver uma sobra do seu dinheiro.

No mínimo, deverão ser poupados cerca de 10% do seu salário e assim seus investimentos serão possíveis.

Leia  FGC - Fundo Garantidor de Crédito: GUIA ABSOLUTO

11) Deixar ser levado pela ambição

Escolher os investimentos apenas por apresentarem um valor maior no final pode não ser a melhor opção para você no momento.

Os mercados que possuem melhores retornos geralmente também são carregados de riscos maiores.

12) Não valorizar os resultados 

Ao fim de uma aplicação analise se ela foi tão rentável quanto você esperava. Caso não tenha sido, busque saber o porquê, ou estude outro mercado para sua próxima aplicação.

13) Não se esforçar para economizar

A economia é um dos princípios de um investidor, ainda mais se o mesmo estiver no início das aplicações financeiras. Busque economizar o máximo possível.

14) Não fazer amizades com outros investidores 

Não ir atrás de pessoas que fazem investimentos parecidos ou superiores que o seu é um péssimo ato.

Quando você está por perto de outros investidores, eles poderão oferecer novas ideias e vice-versa.

15) Não fazer reserva de emergência

Uma reserva de emergência se faz muito necessária para evitar que um imprevisto interfira em seus investimentos.

Com a reserva de emergência não será preciso você mexer no patrimônio que está construindo aos poucos e não ocasionará um dos erros fatais ao começar a investir.

16) Você tem preguiça para investir

Lidar com dinheiro é muito chato. Investir, acompanhar o rendimento, procurar novas opções, aff nem se fala.

Mas saiba que esta preguiça lhe custa caro. Aqueles R$ 20 mil que você deixou parado na sua conta o ano todo fizeram você deixar de ganhar (ou seja, você perdeu) mais de R$ 3 mil.

Já dizia o ditado: “O dinheiro é carente: se você não cuidar dele, provavelmente você vai perdê-lo para quem cuida”.

17) Você procura dicas para ficar rico de forma rápida e fácil

Não adianta sonhar que você vai enriquecer rápido.

Também não adianta achar que assim que você começar a investir, não vai mais precisar trabalhar.

Leia  O que é carteira de investimentos?

Ou procurar aquela dica fantástica daquele Trader guru vencedor que faz análise técnica de ações para prevê o futuro e investir nas opções da Petrobras.

Ou aquele curso que te ensina todos os segredos para você operar na bolsa e ficar rico.

Isso não existe. E você vai descobrir isso da pior maneira possível (isto é, perdendo dinheiro).

18) Ficar acomodado na caderneta de poupança

erros fatais ao investir
erros fatais ao investir

Esse é o comportamento clássico de quem começa a poupar dinheiro, mas não tem interesse em se informar sobre investimentos.

A poupança é fácil de entender, simples e segura. Mas tem um grave problema: remunera muito mal seu capital. Uma pessoa que acumula R$ 100 mil e investe na caderneta poderia ganhar mais cerca de R$ 5 mil a cada ano se simplesmente tirasse o dinheiro da poupança e colocasse em outro investimento com a mesma segurança.

Já pensou que com esse dinheiro dá para fazer uma bela viagem todos os anos?

18) Ter medo de investir

Um pouco na contramão do item anterior, o fato é que muitas pessoas têm muito medo de investir.

Minha opinião pessoal é que esse medo é totalmente associado a falta de informação, e as vezes a traumas passados.

O problema é que muitas vezes este medo é tão grande que você mantém todo o seu dinheiro debaixo do colchão, parado na conta corrente ou na poupança.

Este medo te faz perder dinheiro todo dia (a chamada “perda fixa”), ao render menos que a inflação. E esta perda é sem risco! Isto é, você vai perder com certeza.

18 erros fatais ao começar a investir
5 (100%) 3 votes