IFIX Índice de Fundos Imobiliários: GUIA ABSOLUTO

Tempo de leitura: 4 minutos

Criado em setembro de 2002 pela BM&F Bovespa, o IFIX Índice de Fundos Imobiliários foi um importante avanço para os investidores de fundos imobiliários, que se mostrava amadurecido e em constante crescimento.

O IFIX, segundo descrição da Bovespa, é o indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários negociados nos mercados de bolsa e de balcão organizado da BM&FBOVESPA.

Ainda de acordo a Bovespa, a criação do IFIX é resultado de uma carteira teórica de ativos, elaborada de acordo com os critérios estabelecidos nesta metodologia.

Neste artigo, vamos apresentar o funcionamento do IFIX e explicar o porquê o investidor deve conhecer esse índice antes de começar a investir nos fundos imobiliários.

Como um fundo imobiliário entra no IFIX?

Os fundos imobiliários ganharam força nos últimos anos ao se mostrar uma possibilidade de investimento rentável e relativamente segura.

Ideal para diversificar uma carteira de investimentos – leia mais sobre esse termo aqui.

O IFIX funciona levando em consideração a liquidez dos fundos imobiliários e o seu valor de mercado.

Além disso, para ser incluso no IFIX, um fundo imobiliário deve ter mais de 60% de suas cotas vendidas nos últimos 12 meses.

Para os fundos com menos de 1 ano de criação, eles só poderão ser listados pelo IFIX depois de 6 meses de existência e se tiverem vendido pelo menos 60% de suas cotas.

Qual a grande importância do IFIX?

Mesmo parecendo meio óbvio, o IFIX ajuda a entender todo o universo dos fundos imobiliários através de um indicador único.

Leia  Fundo imobiliário CBOP11 Castello Branco Office Park

Ter um índice que seja capaz de mostrar a evolução dos fundos imobiliários no dia é extremamente útil para o investidor.

É possível tomar uma determinada decisão levando em consideração o volume de interesse do mercado e a estabilidade desse tipo de investimento.

IFIX Cotação Histórica

Neste link do site da Bovespa, é possível acompanhar a variação diária, semanal, mensal ou anual do IFIX.

Para se ter uma ideia, de 1º de janeiro de 2017 a 20 de julho de 2017, o índice foi de 1911 pontos para 2057.

Durante o primeiro semestre do ano, ele teve como valor máximo 2062 pontos.

Pelo gráfico, é possível ver que a variação é constante e positiva, com exceção de uma queda brusca em meados de maio.

IFIX índice de fundos imobiliários histórico mês
IFIX índice de fundos imobiliários histórico mês

Já de julho de 2016 a julho de 2017, é possível ver no gráfico abaixo como foi grande a variação e, consequentemente, a valorização do índice.

Isso mostra como também os fundos imobiliários cresceram e se valorizam junto aos investidores brasileiros.

IFIX índice de fundos imobiliários histórico
IFIX índice de fundos imobiliários histórico

Para efeitos de comparação, vale a pena dar uma olhada na variação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), calculado e divulgado pela FGV.

Pela tabela abaixo, é possível ver que o índice teve um decrescimento no primeiro semestre do ano.

Isso indica que o valor do aluguel não sofre o reajuste necessário, e acaba tornando essa opção de rendimento não muito vantajosa.

Mês/ano Mês
(em %)
Acumulado
no ano (em %)
Acumulado nos últimos 12 meses
(em %)
Acumulado a partir
de Jan/93
Jun/2017 -0,67 -1,9652 -0,7837 1.560,4276
Mai/2017 -0,93 -1,3039 1,5736 1.570,9530
Abr/2017 -1,10 -0,3775 3,3678 1.585,7000
Mar/2017 0,01 0,7306 4,8624 1.603,3367
Fev/2017 0,08 0,7205 5,3866 1.603,1764
Jan/2017 0,64 0,6400 6,6608 1.601,8949
Leia  SPTW11 SP Downtown Fundo Imobiliário

Composição Atual do IFIX

Composição IFIX
Composição IFIX

Composição IFIX

Código Fundo ImobiliárioParticipação no IFIX(%)
KNCR119.902
KNRI119.024
BBPO118.252
BRCR116.822
HGBS114.304
HGRE113.884
KNIP113.784
ABCP113.437
HGLG113.097
PQDP112.671
SAAG112.664
TBOF112.548
JSRE112.2
SHPH111.849
AGCX111.775
BCFF11B1.629
FFCI111.397
FAMB11B1.386
BBFI11B1.33
FCFL111.307
MXRF111.063
CNES111.024
NSLU110.964
FIIB110.911
RNGO110.869
FIGS110.833
XPCM110.827
VRTA110.825
HGJH110.819
FVBI110.797
BBRC110.796
BPFF110.685
FLMA110.644
JRDM110.633
ALMI110.626
CTXT110.625
FIIP11B0.621
EDGA110.603
CXRI110.587
VLOL110.565
THRA110.558
BBVJ110.554
CEOC110.535
RBRD110.518
FEXC110.503
SDIL110.488
FAED110.48
SPTW110.469
TRXL110.447
BCRI110.446
GRLV110.431
AEFI110.423
ONEF110.399
MBRF110.385
HGCR110.372
CBOP110.368
PORD110.362
RNDP110.351
PLRI110.323
MFII110.307
HTMX110.303
BMLC11B0.295
RBBV110.284
PRSV110.283
EURO110.267
HCRI110.254
CPTS11B0.236
FLRP110.197
RBGS110.169
XTED110.168
RBVO110.126
FIXX110.12

Conclusão IFIX (índice de fundos imobiliários)

Pelo IFIX, é possível verificar que os investimentos imobiliários são bem mais rentáveis e interessantes para o investidor do que o aluguel de uma casa ou apartamento.

Isso porque o índice teve uma variação positiva nos últimos meses, enquanto que o IGP-M teve uma oscilação negativa.

Muitos são os fatores para essa oscilação. Podemos citar a crise econômica e política, que trazem instabilidade e insegurança para alguns setores da economia.

Se você fizer uma comparação com ações ou outros tipos de investimento, verá que essa oscilação também estará presente.

A oscilação do preço de mercado é normal, mas uma oscilação brusca acaba trazendo mais desvantagens para um negócio do que vantagens.

Leia  Fundo Imobiliário RNGO11 Rio Negro

O IFIX acaba mostrando a solidez e a segurança dos fundos imobiliárias, e a possibilidade desse tipo de investimento se fortalecer em um momento em que a economia volta a ganhar estabilidade e alguns setores podem começar a ganhar força novamente.

IFIX Índice de Fundos Imobiliários: GUIA ABSOLUTO
4.3 (85%) 8 votes