O que é TESOURO DIRETO e como funciona: GUIA ABSOLUTO

Tempo de leitura: 7 minutos

Vamos aprender o que é tesouro direto e como funciona, o que são títulos públicos e a rentabilidade de cada produto.

Dica: Os títulos públicos são alternativas a poupança com a mesma segurança e maior rentabilidade .

Observe que os títulos públicos se tornaram uma das modalidades de investimentos mais procuradas nos últimos anos.

Segundo reportagem publicada no G1, os investimentos no tesouro direto cresceram 60% de 2015 para 2016, totalizando 834.835 investidores cadastrados.

Para se ter uma ideia, as vendas do Tesouro Direto atingiram em junho do ano passado R$ 1,3 bilhão. No mesmo período, os vencimentos e recompras de títulos públicos totalizaram R$ 524,8 milhões.

Com este artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre o tesouro direto e aprender como ele funciona.

Não deixe de conferir outros artigos que publicamos sobre a funcionalidade do tesouro direto. Lá, falamos sobre:

  • O funcionamento do tesouro direto pré-fixado;
  • O funcionamento do tesouro direto pós-fixado;
  • Como você pode investir no tesouro direto;
  • Como declarar o tesouro direto no imposto de renda;
  • E o que é mais vantajoso: o tesouro direto ou a poupança?

Vamos conhecer então melhor o que é tesouro direto e como funciona.

O que é tesouro direto e como funciona?

O tesouro direto foi desenvolvido pelo Tesouro Nacional e a BM&F Bovespa para vender títulos públicos federais.

O público alvo deste programa eram pessoas físicas, que poderiam adquirir os títulos através da internet.

O tesouro direto foi criado em 2002 com o objetivo de “democratizar o acesso aos títulos públicos”.

A ideia era permitir aplicações com valores baixos, sendo que a cota mínima vendida pelo tesouro direto é de R$ 30,00.

Com o lançamento deste título, houve uma diversificação e a possibilidade de complementar os investimentos junto às alternativas de investimento que estão disponíveis no mercado.

Leia  Poupança ou Tesouro direto: qual é melhor para investir?

O tesouro direto oferece títulos com diferentes tipos de rentabilidade (como pré-fixada, ligada à variação da inflação ou à variação da taxa básica de juros), prazos de vencimento e fluxos de remuneração.

Além disso, o tesouro direto também é uma opção segura e de baixo risco ao oferecer boa rentabilidade e liquidez diária.

Como funciona o tesouro direto?

O funcionamento do tesouro direto é bem simples e fácil de entender.

Quando se compra um título público, o investidor empresta dinheiro para o governo brasileiro.

No ato da compra, ele garante o retorno do valor do título corrigido por uma taxa de juros pré-determinada.

Dica: Quando você investe em títulos públicos, está emprestando dinheiro para o governo, e cobrando juros por isso.

O que é um título público e como funciona?

Títulos públicos são ativos de renda fixa. Isso significa que o seu rendimento pode ser determinado no momento do investimento.

Já com os ativos de renda variável, como ações, não é possível estimar a sua rentabilidade no instante da aplicação.

Isso acontece porque os ativos de renda fixa possuem menor volatilidade diante dos ativos de renda variável.

Assim, é possível dizer que os ativos de renda fixa são mais conservadores, apresentando menor risco para o investidor.

Que garantias ao investir no tesouro direto?

O que é tesouro direto e como funciona segurança
O que é tesouro direto e como funciona segurança

Quando se compra um título do tesouro direto, obtêm-se uma escritura do título registrada na BM&F Bovespa.

A sua aplicação também ficará vinculada ao seu CPF e o retorno ao investidor é garantido por lei pelo Tesouro Nacional.

Quais são as vantagens do tesouro direto?

O tesouro direto possui uma série de vantagens enquanto investimento, sendo que a principal delas é a possibilidade de realizar um investimento com valor baixo.

Depois que foi criado, o tesouro direto possibilitou o investimento com valores mais baixos e atraiu pequenos investidores.

Leia  Poupança ou Tesouro direto: qual é melhor para investir?

Além disso, outras vantagens do tesouro direto são:

  • Segurança

O pagamento dos títulos públicos é garantido por lei. Depois de vendido, o título é registrado na BM&F Bovespa e garante a segurança e a manutenção do título mesmo com a troca de uma corretora de valores, responsável pela intermediação na compra ou venda do título.

  • Rentabilidade

O tesouro direto possui uma rentabilidade mais alta quando comparada com outras aplicações financeiras de renda fixa.

Os ganhos são semelhantes a uma grande instituição bancária ou a um fundo de pensão.

Além disso, as taxas de administração e de custódia são baixas e o imposto de renda só é cobrado no momento da venda, pagamento de cupom de juros ou vencimento do título.

  • Custos

O tesouro direto é um investimento acessível, e você pode começar a investir a partir de R$ 30,00. Além disso, são cobrados apenas dois impostos para este investimento:

  • Taxas de custódia da BM&F Bovespa, de 0,3% ao ano. Essa taxa é referente aos serviços de guarda dos títulos e às informações e movimentações dos saldos;
  • Taxa das instituições financeiras que realizam a intermediação para a compra do título. Algumas corretoras não cobram nada para fazer essa movimentação, enquanto outras pode cobrar até 2% ao ano do valor investimento.
  • Tributação

São cobrados dois impostos nas operações realizadas no tesouro direto: o IOF Regressivo (cobrado apenas para aplicações com prazo inferior a 30 dias) e o Imposto de Renda Regressivo.

A tabela abaixo representa a porcentagem do imposto cobrado diante do valor investido:

% cobrada Prazo de investimento
22,5% Resgate em até 180 dias
20% Resgate de 181 a 360 dias
17,5% Resgate de 361 a 720 dias
15% Resgate acima de 720 dias

Uma dica: se você fizer uma conta rápida, verá que o tesouro direto é mais vantajoso se ele for um investimento de longo prazo. Para entender melhor essa história, não deixe de ler o nosso post em que comparamos quando a poupança com o tesouro direto.

  • Liquidez
Leia  Poupança ou Tesouro direto: qual é melhor para investir?

Outra vantagem do tesouro direto é a liquidez, isso significa que você pode comprar ou vender diariamente o seu título pelo preço praticado no mercado.

Porém, é importante ficar ligado no horário de funcionamento do tesouro direto, os resgates solicitados nos dias úteis das 9h30 às 18h serão processados com preços e taxas disponíveis no momento da transação.

Já os resgates solicitados fora do horário comercial, finais de semana ou feriados serão liquidados com os preços de abertura do dia útil seguinte.

  • Flexibilidade

O tesouro direto te permite montar a sua própria carteira de investimentos, levando em consideração o seu perfil e objetivos financeiros.

Para isso, o tesouro direto oferece diversas opções de investimento que levam em consideração a taxa de rentabilidade, prazos ou vencimentos, e o fluxo de pagamento.

Tesouro direto como investir

O que é tesouro direto e como funciona o investimento
O que é tesouro direto e como funciona o investimento

O investimento no tesouro direto é muito simples, basta você se cadastrar no site do Tesouro Nacional e procurar por uma corretora de valores para realizar a transação.

O legal é você procurar por uma que não cobre as taxas de manutenção.

No site da BmfBovespa apresenta as instituições e as taxas cobradas veja aqui

Agora que você já conhece o básico do Tesouro Direto que tal nos dizer se o artigo lhe foi útil? Compartilhe com seus amigos que tenham interesse no assunto.

O que é TESOURO DIRETO e como funciona: GUIA ABSOLUTO
4.7 (94%) 10 votes